domingo, 19 de abril de 2009

Edevaldo Barbosa: a polícia no RN

Frase do Promotor Edevaldo Barbosa, coordenador do Gaerco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado do RN):

“Hoje não é um grupo só. Tem mais de um grupo atuando e o filme é sempre o mesmo: policiais que se juntam com traficantes e aí começam a matar, a extorquir, a cobrar pedágio, a eliminar os concorrentes”


"Não vamos ficar batendo em cachorro morto, mas é notório hoje que a polícia não investiga. Você conta nos dedos os casos em que houve um crime e a investigação foi levada a cabo e se chegou a um culpado, com provas”. 

Sobre o instituto de polícia científica, disse:  “É inoperante, que produz muito pouco, assoberbado de serviço”

Sobre a Justiça, disse que  o sistema judiciário colabora com o alto número de homicídios na capital. Segundo ele, a Justiça é excessivamente garantista para quem comete delitos no país.: 

“Ou seja, no frigir dos ovos, cometer crime se tornou uma atividade de baixo risco. Mas isso não significa que a gente tem que se incomodar”

FONTE: 05/04/2009 - Tribuna do Norte 

Um comentário:

Agronomia disse...

Ainda não entendi porque o cidadão de bem tem que anda desarmado e os bandidos armados ate com metralhadoras. Os meios de comunicação têm a maior cautela em noticiar os absurdos que os bandidos andam aprontando com pessoas de bem e policiais sendo assassinados, mostrando poder ate de derrubar helicópteros da policia.
Os governantes andam com seguranças bem armados e ate exercito, aeronáutica em volta onde eles andam, tudo pago pelos pagadores de impostos. Tenho acompanhado bem as analises de Benedito Barbosa a quem agradeço muito e espero algum reflexo da população que anda tão fragilizada e com medo de expressar suas insatisfações com os golpes desse governo.
Agora recentemente renovei meu registro de arma e não recebi nenhum comunicado, quando consultei a situação do registro já estava vencido e por lei tenho que entrega a arma. Isso é coisa de governo malandro e resta saber a sua intenção, porque parece que eles tão bem amiguinhos dos bandidos. Ate hoje eu estava em dia com minhas obrigações de cidadão, mas agora, com esse registro vencido eu sou um criminoso.
Alguém ai pode me justificar essa situação?
Não seria mais fácil informar à sociedade que no Brasil é mais fácil ser bandido do que ser um cidadão de bem?