terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

O novo procurador-geral de Minas Gerais é o marido da juíza

Segundo a revista Veja, no fim de novembro, Aécio Neves nomeou o novo procurador-geral de Minas Gerais, Alceu Marques, que não foi mais votado pelos integrantes do Ministério Público.
Isso não é nenhuma novidade nos Estados brasileiros, mal acostumados com a vontade da maioria.
Mas, segundo a Revista, o caso tem uma particularidade. Marques é casado com a juíza Rogéria Debelli, da 4ª Vara da Justiça Federal de Minas Gerais. A Revista diz que "foi nessa vara que foram apresentadas as denúncias contra Marcos Valério e outras 26 pessoas supostamente envolvidas no "mensalão mineiro", o esquema de arrecadação paralela criado em 1998 para a campanha a governador do ex-presidente do PSDB Eduardo Azeredo" .
Coincidência?
VEJA
Edição 2095
14 de janeiro de 2009

Um comentário:

decaraparaodireito disse...

É verdade Fábio. Interessante como essas coincidência acontecem no nosso Brasil. Acho que ainda acreditamos em Papai Noel.
Grande Abraço
Rogério