domingo, 28 de março de 2010

O caso da TV doada ao município de Barueri e que vai parar na casa de uma funcionária. E o Prefeito? Vai a justiça impedir a reportagem!

O que me chamou atenção na Veja (Coluna de JR Guzzo) desta semana foi o caso de uma TV de Plasma doada ao município de Barueri e que, mesmo assim, estava na casa de uma funcionária. E o Prefeito ainda foi à justiça impedir a reportagem do CQC! Ainda que por alguns dias, a reportagem foi proibida.
A reportagem é muito engraçada, porque não sabiam os administradores de Baruerí que havia um GPS conectado na TV, com um alarme. O tal GPS levou os repórteres ao aparelho doado, que se encontrava numa casa residencial! Falta muito para entendermos o que é público e privado no Brasil... A reportagem do CQC flagra o momento em que a TV de plasma é levada da casa da funcionária para uma escola... os funcionários são levados à loucura com a situação...

Vamos então à reportagem do CQC:



Bom DOMINGO!

3 comentários:

Thiago disse...

OAkskOAOKSOKSOKakso, EURI!
Acho até eufêmico achar que é por falta de entendimento da diferenciação entre público e privado... =)
Abraço.

Prefeito de Carueri disse...

O Prefeito e todos envolvidos estão errados, isto é fato!
Agora vamos ser honestos: – Plantar Provas é crime!
Nem a polícia pode fazer, somente com autorização de um juíz em caso de investigação já em andamento…
O CQC criou um factóide com objetivo de alavancar a audiência.
Quem garante que o diretor do programa não é amigo do rival político do Prefeito de Barueri?
É confiável o sorteio que indicou a cidade como alvo? Sorte ter sido tão perto de São Paulo né?

Allan Denis disse...

mas em que isso muda o tamanho do absurdo de uma tv doada a uma escola ser usada para um fim completamente diferente, isso armado ou nao he uma mega duma denuncia que expoe como as cidades do pais são governadas por pessoas sem a menor noçao de certo e errado, e que ainda exploram a bondade e idoniedade alheia em beneficio proprio.